30 de setembro de 2010

E SE A RAINHA DE ESPADAS FALASSE...


Rainha de Espadas - Tarô Café Tarot

Tenho um escudo contra o meu ventre. E sob este escudo há uma cicatriz. Talvez eu tenha sacrificado as minhas vísceras? Não me deixo levar por necessidades, por desejos ou por emoções. Vivo na minha mente. Espero aqui um ser que reconheça a minha inteligência, a minha mente. A transcendência é o meu ideal. Fora da carne, fora da matéria, através do estado andrógino é que poderei ultrapassar as ciladas do pensamento para alcançar aquele centro impessoal que é a Consciência cósmica. Conseguirei tal feito? Conseguirei esquecer de mim mesma? Sou a minha inimiga. A minha única sabedoria é a sabedoria da impermanência. A minha única realização seria a realização da vacuidade.


Alejandro Jodorowsky | LA VIA DEI TAROCCHI

5 comentários:

Emanuel disse...

Deliciosamente desafiador.

Erika disse...

super obrigada.

Anônimo disse...

o cerne da questão é ; queres permanecer na eternidade ou na realidade ? vivo ou semi-morto ?

Paula Fernandes disse...

Nossa... texto bão...
Muito bom, quero colocar no meu Blog, vou falar da origem, claro!!
paulafernandesterapias.blogspot.com.br

Henrique Fenocchio disse...

Penso que já conseguiu!