26 de dezembro de 2010

ARCANO DO ANO



Despe-te das palavras e te aquece.
Toma nas mãos esses odres de terra.
E como quem passeia, leva-os ao mar.
Se tudo te foi dado em abundância
O sal e a água de uma maré cheia
Eu te darei também a temperança.

Deita-te depois e vibra tua garganta
Como se fosse um início de um cantar.
Não cantes todavia.
Aqui, zona de tato e calor, margem do ser
Larga periferia, olha teu corpo de carne
Tua medida de amor, o que amaste em verdade.
O que foi síncope.
Todavia não cantes na perplexidade.


HILDA HILST
Memória | Trajetória Poética do Ser (I)



NOTA
Desculpem a poesia jorrando. Confesso que a falta de tempo tem posto o blog de lado, mas não no meu pensamento. E nem as palavras que tenho trazido faltem com a profundidade. Viajando mentalmente por todo o meu 2010, as palavras, os lugares e as pessoas precisam ser estudadas empiricamente, como na feitura de uma obra. A TEMPERANÇA vem pra isso. É meu arcano pessoal e devo a ele ainda mais trabalho. Os resultados vocês veem por aí, nas letras e nas imagens. E continuo por aqui temperando - com a licença do trocadilho - as cartas com seriedade, inovação e poesia, que é justamente o alimento primordial dos arcanos.



Obrigado pela companhia e pela amizade.

Leo

5 comentários:

Bia disse...

Legal sua carta pessoal ser a temperança.
A minha carta pessoal é a força com número de alma 9.
Não entendo muito bem o que significa esta carta, ja que no tarô de while é a justiça. Pois estão trocadas...têm algo a ver com justiça? rs

Parabéns pelo seu blog, muito interessante.

Leonardo Chioda disse...

Olá, Bia. No Waite A FORÇA está numerada como 8 e A JUSTIÇA como 11. Essa alteração, a meu ver, não deve ser seguida. A Justiça é o arcano 8 e a A Força é o arcano 11. Siga essa ordem e fique atenta às correspondências simbólicas do seu arcano. Obrigado por visitar o blog. Abraço,

Elizabeth disse...

Eu li seu ensaio sobre as Afirmações Positivas pra 2011 e quando fui procurar mais sobre o autor me deparei com um rosto muito mais jovem do que eu esperava, acho até que por causa da minha idade, nunca imaginei que alguém próximo da minha faixa etária pudesse ter um conhecimento tão denso de espiritualidade. Pesquisei sobre o blog e a partir de hoje serei uma leitora assídua. Parabéns pelo bom gosto, pelo conhecimento e pela abordagem.

Elizabeth disse...

P.s.: Muito bom gosto pra diretores de cinema e pra músicas também, mas por favor não aceite esse comentário que vai ser bem constrangedor haha

Livia Limp disse...

Através do seu blog pude "descobrir" a Hilda Hilst (que já conhecia de ouvir falar). Ela toca fundo na minha alma. Obrigada.