22 de fevereiro de 2013

DE QUE SERVEM AS TORRES?


Neil Stavely
www.thehorseandhare.blogspot.com



A torre caía sobre mim. Ou observava-me cegamente. Gosto de toda a espécie de torres. São incompreensíveis. Foram construídas por pura bravata, um lirismo arrebatado e improfícuo. Debaixo delas funciona um motor que nunca pára. De que servem as torres? Não pensem que as torres desaparecem assim, que nos livramos delas. Inquietam-nos. Caem-nos sobre a cabeça ou contemplam-nos, imóveis, implacáveis. E imaginava eu que mal reparara nela. É assim: estamos diante das coisas; não as vemos. Só mais tarde, absurdamente, sabemos que apenas fizemos isso: vê-las e possuí-las. E ser apanhado por elas.



Herberto Helder, Escadas e Metafísica.
OS PASSOS EM VOLTA | Assírio e Alvim, 1985.



Um comentário:

sofy lefour disse...

Super! Su blog es realmente genial!
Gracias a existes !!!
voyance par mail