8 de dezembro de 2019

UM TAROT PARA OXUM

The Ghetto Tarot
Alice Smeets & Atis Rezistans


Todo ouro veio do céu, há muito e muito tempo. 

Mas todo ouro, dizem, é da maior feiticeira que Iemanjá poderia ter parido — a mãe do mel, a abelha mais brilhante. Oxum, senhora doce das águas, rainha dos afetos. É dela a carne dos apaixonados, a cabeça dos dedicados e o coração dos poetas. No oratório que é o seu ventre aberto estão as possibilidades. Tudo pode aquele que se banha no perfume da orixá mais forte — porque o amor é invencível em qualquer batalha. Iyá de mim, no quintal no domingo bem cedo. E se escolho o jardim em que anoitece por último, posso bem dizer: o céu de Oxum é um céu de estrelamento.


Um Tarot para Oxum é mensagem. É como se Ela própria embaralhasse e se derramasse nas cartas a fim de falar francamente aos despertos. Oráculo é coisa de Oxum, Oxum que encantou Exu para lhe ensinar a ler os búzios e os obis. Porque a beleza anda junto com o segredo — e é dourado o couro do destino. E se vem ao meu Tarot para erigir um palácio, Oxum toca n’A Estrela. A arcana mais bela. Falemos, aqui, de predestinação. O que deve ser feito deve ser claro: a nudez simboliza a verdade, e seu espelho mira o âmago. O arcano 17 pede capricho e sensatez ao encarar o que vem sendo procrastinado. Nos deixamos levar pelas delícias do caminho. Enquanto isso, há muito trabalho a fazer, repare. Oxum não cessa de lançar feitiços, dentre eles o melindre e a dispersão. Por isso, foco e manejo para tecer dias melhores, repletos de rosas amarelas. Em seus braços tudo é providência. Até as mais cortantes aflições.



Convém começar a limpeza final — Oxum exige tudo limpo, em todos os seres, sentidos e estares — para adentrar 2O2O com boa sorte, fartura e afeto. Lavar as mágoas, esfregar os ódios. Doar o que não usa, livrar-se de tanto lixo {por mais que extraordinário} e dar-se àquilo que deve ser feito da melhor {e mais bonita} maneira possível. Estar por inteiro a quem precisa de amor, em gesto, palavra e louvor.



Oxum é toda mulher.
É cada homem que se curva ao brilho. 
E todo ouro é de Oxum. 
Ouro que mais vale. 

Ouro que é você.



ORA YE YE Ô!

Nenhum comentário: